Fazendo as pazes com a comida e com o seu corpo

 Acompanhamento individual 

Se você está cansada de viver aprisionada em um mar de regras para comer e não aguenta mais ficar brigando com a balança, você está no lugar certo!

Eu não vou te convencer a seguir uma nova dieta ou um modismo alimentar insustentável, pelo contrário!

 

Vou te ajudar a construir bases sólidas para que você tenha uma alimentação saudável com liberdade de escolha, em conexão com o seu corpo e praticando o autocuidado de forma gentil.

 

Ensinamentos para serem mantidos por toda a vida, fazendo com que você não perca mais tempo e nem dinheiro com soluções milagrosas passageiras.

Comer é muito mais do que só ingerir nutrientes.

Como se come e o porquê se come são tão ou mais importantes quanto o que se come.

 

Por isso as restrições, as imposições, as regras rígidas e

as soluções prontas não tem vez por aqui.

 

Elas abrem espaço para a flexibilidade, a compaixão, o equilíbrio e o empoderamento.

A maneira como você se relaciona com a comida pode estar intimamente atrelada ao modo como você lida com o formato do seu corpo e suas alterações de peso.

Por isso, para desenvolver uma relação mais tranquila com a comida, também precisaremos investigar e trabalhar questões relacionadas à sua imagem corporal, para que ela seja mais gentil e positiva.

Fazer as pazes com a comida e com o corpo é para mim?

  • Já ter feito várias dietas e não ter conseguido manter por muito tempo. Ou até mesmo apresentar dificuldade para seguir regras, imposições ou proibições em relação à comida;​

  • Dificuldade para manter o peso perdido durante a dieta e apresentar oscilações de peso (o famoso “efeito sanfona”) ou ter a sensação de viver “em guerra com a balança”;

  • Sensação de estar sempre vivendo nos extremos: seguindo dieta restritiva ou comendo tudo sem critério algum e nem pensar sobre;

  • Sensação de falta de controle diante de determinados alimentos;

  • Comer em resposta às emoções com frequência (ex.: comer por estar estressada ou ansiosa);

  • Sensação de culpa, medo ou vergonha ao comer;

  • Sensação de estar o tempo todo pensando em comida;

Sempre realizo uma conversa individual (que chamo de sessão zero) para identificar a pertinência da realização do processo.

Analiso aspectos como histórico de saúde, prática de dietas e história de vida relacionada ao peso e à comida, bem como momento atual de saúde.

 

Mas listei a seguir os principais motivos pelos quais as pessoas me procuram para atendimento e que, normalmente, tem indicação para o acompanhamento:

  • Sensação de estar perdida diante de tantas regras para comer, fica sem saber bem o que fazer para ter uma alimentação saudável;

  • Fazer escolhas levando em conta somente os nutrientes dos alimentos ou se ele é classificado como “saudável”, sem considerar o que realmente gosta e tem vontade de comer;

  • Insatisfação de uma forma geral em relação à alimentação e ao corpo;

  • Deseja se alimentar sem culpa, sem restrições e dietas, com prazer, equilíbrio e autocuidado;

  • Deseja ter uma relação mais tranquila com a comida e com o meu corpo;

  • Não quer mais depender de regras externas (como dietas) para comer, buscando viver em paz com a comida.

Se você se identificou com um ou mais itens da lista acima, provavelmente está pronta para mergulhar nesse processo! 

Sessões

  • Individuais com duração de 45 a 60 minutos;

  • Atualmente somente na modalidade online, através de vídeo-chamadas;

  • Compromisso inicial mínimo de 12 sessões, que poderão ser semanais ou quinzenais (conforme combinarmos na sessão 0);

  • Você receberá tarefas de auto-observação ou exercícios práticos para realizar entre as sessões; 

  • As sessões serão conduzidas com base nos exercícios realizados, através de reflexões e ferramentas, tendo como respaldo técnico e científico as linhas teóricas da Alimentação Intuitiva e do Mindful Eating;

  • No final do Processo você receberá uma apostila com todas as ferramentas que foram utilizadas ao longo do seu processo, para que você possa revisitá-las sempre que sentir necessidade.

Etapas e temas

 

Ao longo do processo transitaremos pelas etapas e temas abaixo, com o intuito de estruturar bases sólidas para você viver em paz com a comida e com o seu corpo.

  • Autoconhecimento e consciência: relação com a comida e com o peso - histórico e mapeamento atual; crenças alimentares; imagem corporal.

  • Conexão: como identificar e lidar com os tipos de fomes (física, emocional, social); comer com atenção plena (mindful eating); incentivo para movimentar o corpo por prazer e bem estar.

  • Autonomia: construção de mudanças sustentáveis; automonitoramento; como nutrir relações mais positivas com o corpo e com a comida.

Talvez as informações que você leu até aqui sejam bem diferentes das que você costuma ver sobre nutrição e alimentação saudável, não é mesmo?

 

Mas não se preocupe, estou aqui para te dar as mãos e te guiar, te apoiar e orientar em tudo que for necessário para que você conquiste a sua autonomia alimentar e se sinta empoderada para viver livre das infinitas regras para comer, em paz com a comida e com o seu corpo!

 

Porto Alegre - RS